O único estado do Brasil que manteve posição unânime contrária ao impeachment por parte dos seus senadores foi a Bahia. Os três representantes baianos, Lídice da Mata (PSB), Otto Alencar (PSB) e Roberto Muniz (PP), votaram pela continuidade de Dilma Rousseff (PT) a frente do Executivo Nacional.

Contudo, na contramão da Bahia, estados como São Paulo, Santa Catarina, Sergipe, Paraíba, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Maranhão, Goiás, Espírito Santo, Distrito Federal, Ceará e Alagoas foram totalmente fechados contra Dilma.

PARTIDOS – Sobre as siglas, o PT, a REDE e o PCdoB foram as únicas agremiações que mantiveram unânimidade contrária ao imeachment. Do outro lado, PSDB, PR, DEM, PRB, PDT, PSC, PV, PPS e PTC foram totalmente favoráveis a queda de Dilma.

Bocão News Por Victor Pinto | Fotos: Reprodução