A chuvas que atingiram a Bahia esta semana chegaram com uma sensação paradoxal de benção e preocupação na Chapada Diamantina. É que apesar da estiagem dos últimos meses em dezenas de cidades da região, como Utinga, Lajedinho, Lençóis e Wagner, há muita preocupação com alagamentos, enchentes de rios, trombas d’água, dentre outros desastres naturais.

Em localidades baianas, como Milagres, a força das águas impressionou os moradores e fez temer quem precisava voltar para casa no aguaceiro. Imagens de vídeo foram registradas em Itaberaba mostrando que a água encheu ruas. O morador de Andaraí, Homero Vieira dos Santos, afirmou que todos os rios da área encheram. “Foi bastante água”, afirmou. E, segundo ele, não houve prejuízos materiais.

Ele disse ao Jornal da Chapada que a chuva não é nada que impeça o visitante de fazer uma trilha. “Isso aqui em Andaraí. Ainda está chegando água nos rios, das cabeceiras. Acredito que os rios e cachoeiras vão encher mais ainda. As cachoeiras do Ramalho. Bocório, Três Barras, Garapa e Floris estão com bastante águas e lindas”, contou Vieira.

Imagens mostram pontos turísticos cheios com as fortes chuvas que caíram na região. Mucugê, Itaetê, Iramaia, Ibicoara e diferentes áreas da Chapada Diamantina receberam as águas das chuvas. Lençóis também recebeu as chuvas e os vídeos continuam circulando as redes sociais. Mas a imagem que impressiona é uma captada por Gunna, que mostra as nuvens densas na região de Guiné, distrito de Mucugê.

Jornal da Chapada | FOTO: Divulgação/Gunna |

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •