Acontece nesta quinta-feira em Baixa Grande, mais um Festival de Quadrilhas Juninas

58

Já em pleno clima de São João, a Secretaria Municipal de Educação de Baixa Grande, estará realizando nesta quinta-feira (22), mais uma edição do Festival de Quadrilhas Juninas, evento que já faz parte do calendário de festas do município.

O festival de quadrilhas juninas, reúne grupos de bairros e povoados de Baixa Grande, cada busca o seu maior desempenho para brilhar na pista de apresentação e arrancar aplausos do público.

O que é, origem e principais características
A quadrilha é uma dança tradicional das festas juninas que ocorrem no mês de junho no Brasil. Ela é uma dança coletiva, que conta com a participação de vários casais vestidos com roupas caipiras. A dança é embalada ao som de músicas instrumentais típicas do interior do Brasil. A quadrilha é dirigida pela narração de uma pessoa (marcador), que faz brincadeiras e conduz os casais em cada momento.

De acordo com historiados e pesquisadores da cultura popular, a quadrilha surgiu na França do século XVIII. Principalmente em Paris ocorriam danças coletivas, formadas geralmente por quatro casais, que tinham o nome de quadrille. Estas danças ocorriam em grandes salões palacianos e contavam com a participação exclusivamente de membros da aristocracia francesa.

A quadrilha chegou ao Brasil no final da década de 1820 e, assim como em seu país de origem, foi muito comum entre as classes sociais mais ricas da sociedade brasileira da época (principalmente entre os integrantes da corte brasileira residente no Rio de Janeiro). Foi somente no final do século XIX que a quadrilha se popularizou e tornou-se comum entre as camadas populares da sociedade. Porém, ao tornar-se popular, agregou diversos elementos culturais populares, principalmente os relacionados às tradições e modo de vida no campo. Ganhou também, neste momento, um caráter mais divertido, com pitadas de momentos descontraídos e engraçados.

A temática mais comum nas quadrilhas atuais é a do casamento a moda antiga das áreas interioranas do Brasil. Com um tom cheio de comédia e marcado por exageros, o noivo é praticamente obrigado a casar com a noiva, sob a pressão do pai dela e do delegado da cidade.

O evento será realizado a partir das 16h, no Módulo Esportivo Renan Araújo Batista, na Praça de Esportes da cidade.

Caboronga Notícias com imagem ilustrativa