Nesta segunda, 10, prefeitos dos quatro cantos do país estão completando 100 dias de governo. É uma marca que notabilizou-se, tanto pela simbologia, como pelo tempo considerado por muitos como “ideal” para se ter um panorama razoável da situação que está sob domínio do chefe do Executivo. A relevância acerca desse tempo de trabalho transforma-se em matéria do noticiário, em algumas localidades, e leva alguns prefeitos a apresentarem um balanço do que tem sido feito até então.

O prefeito de Ipirá, Marcelo Brandão (DEM), ao longo de onze programas Papo Reto, e também pelas redes sociais, vem tratando de assuntos envolvendo o município. Em resumo, de acordo com seus pronunciamentos, o município foi encontrado destroçado, mas com muita fé e trabalho atingirá um patamar melhor.

Chegando, portanto, a esta marca de tempo, talvez o discurso, o foco e as ações sofram alguma mudança. Ou não. No entanto, é preferível que haja. Talvez enseje motivo para se fazer um especial, um portfólio mais depurado sobre o quadro atual, e os desafios que se avizinham.

Notícia e anúncio são mercadorias muito fugazes, certamente algo que foi dito lá atrás, hoje já não tem mais serventia ou até mesmo nem se consubstanciou como realidade, como se pretendia. É válido e coerente tá fazendo essa checagem das possíveis lacunas e do que de fato atingiu êxito pelas ações implementadas.

Essa breve análise aponta que cada vez mais o governo se aproxima de sua formatação própria, sem os grilhões ou empecilhos do que quer que seja (pelo menos imagina-se que vão diminuindo). Para muitos, e em muitos aspectos, isso já se fez notar das formas mais diversas também. Enfim, as coisas caminham para uma nova configuração, o tempo está passando e isso é esperado. As cartas estão sendo postas na mesa!

Por Diogo Souza (10/04/17)