A previsão é de mais chuva para a cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A informação é confirmada pela própria prefeitura, que por meio de nota faz um apelo à população que reside em pontos de críticos de alagamento ou nas áreas de risco de deslizamento que, em caso de necessidade, busque refúgio nos abrigos montados em escolas e igrejas nos bairros atingidos.

De acordo com o site de meteorologia Climatempo, a previsão para esta terça-feira (14) é de chuva a qualquer horário do dia em todo o município. Para as próximas 24 horas estão previstos 22 milímetros de temporal. Desde a última sexta-feira (11), foram providenciados abrigos nos bairros do Caji, Chafariz, Portão e Lagoa da Base. Na segunda-feira (13), apenas o do Caji ainda está em funcionamento. “Nós atendemos nestes abrigos mais de 300 pessoas, mas por conta da melhora do tempo as pessoas preferiram retornar as suas casas. Caso haja necessidade as equipes estão de plantão para receber a população novamente”, explicou a prefeita Moema Gramacho (PT) enquanto percorria as ruas do Caji e em seguida Boca da Mata, em Portão. Em cada abrigo as famílias recebem apoio médico, vacinação, medicamentos, kits de alimentação e limpeza.

Mais de 300 metros de lona já foram distribuídos pela Defesa Civil (DC) para a cobertura das encostas e lajes. Segundo o coordenador da DC, Edenilton Félix, as áreas atingidas com maior intensidade foram as próxima aos Rios Ipitanga, Picuaia, Garapa, Joanes, Jaíba, Sapato e casas na região do Canal dos Irmãos. Em alguns lugares as águas atingiram dois metros de altura.

Nas áreas afetadas a Prefeitura continua realizando a limpeza das ruas e desobstrução dos canais. Ainda de acordo com Félix, o lixo é um dos grandes problemas que contribuem para a formação de alagamentos na cidade.

Por: Redação BNews