A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta sexta-feira (28) que as contas de luz vão ficar mais caras no mês de novembro. O órgão alterou a cor da bandeira tarifária para amarela, o representa custo de R$ 1,50 a cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos.

A mudança foi necessária pois o Operador Nacional do Sistema (ONS) informou que “a condição hidrológica está menos favorável”. Com menos chuvas nos reservatórios, foi necessário acionar mais usinas termelétricas – que têm custo de produção mais alto – para a produção de energia elétrica.

O sistema de bandeiras tarifárias entrou em vigor em 2015. De acordo com o G1, desde abril a cor da bandeira foi verde em todos os meses. Quando o abastecimento das usinas hidrelétricas é suficiente, a bandeira fica verde e não há cobrança adicional. A terceira bandeira é a vermelha, quando são estabelecidos dois patamares: um de R$ 3 e outro de R$ 4,50 para cada 100 kWh.

Fonte: Bahia notícias