A Volkswagen anunciou recentemente que iria aposentar o famoso Fusca, inclusive houve até mesmo uma homenagem ao som dos Beatles. Entretanto o carro clássico será relançado, mas agora com motor elétrico.

Apesar da mudança o estilo tradicional será mantido e com apenas 1 recarga de bateria será possível andar até permitirá 200 quilômetros.

61 anos no Brasil, 65 no mundo

O Fusca celebrou 61 anos do início da sua produção no Brasil, que teve o seu primeiro exemplar lançado no dia 03 de janeiro de 1959. Ou seja, em 03 de janeiro de 1959 começava a produção nacional do Volkswagen Fusca.

O modelo surgiu na Alemanha em 1935 e foi criado por Ferdinand Porsche. Ele foi um pedido de Adolf Hitler ao engenheiro.

O então líder alemão queria que país tivesse carro popular e acessível ao povo, que pudesse andar no deserto, sem a necedade do uso de água no radiador.

O último exemplar marcou o fim da longa produção de 65 anos do Fusca no mundo, durante a qual foram fabricados 21.529.464 unidades, números que fazem dele o modelo único mais produzido do mundo em todos os tempos.

Esse modelo de automóvel também é conhecido como besouro (Käfer na Alemanha) ou barata.

A nova versão do Fusca terá sua primeira apresentação pública no International Motor Show, em Frankfurt, na Alemanha.

“O Fusca elétrico combina o charme do nosso carro clássico com a mobilidade do futuro”, disse Thomas Schmall, membro do conselho de administração da Volkswagen.

 

O motor elétrico do novo veículo, fabricado na cidade de Kassel, pode atingir picos de 60 quilowatts, o equivalente a 82 cavalos de potência. A bateria de lítio, desenvolvida na cidade de Brunswick, pode fornecer um total de cerca de 36,8 kW/h.

A Volkswagen enfatizou que o modelo foi projetado para percorrer cerca de 200 quilômetros com uma única carga de bateria. De qualquer forma, os fabricantes projetaram um sistema de recarga que permite ao Fusca percorrer 150 quilômetros com uma carga de uma hora.

Via: Publicitários Criativos