sexta-feira, maio 24, 2024

Após 21 anos, Câmara de Baixa Grande tem contas aprovadas em sua integridade

Em sessões ordinárias realizadas nesta quarta-feira (06), os conselheiros que compõem a 1ª e a 2ª Câmaras de julgamento do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia) analisaram e consideraram regulares, as contas de mais 17 Câmaras de Vereadores de municípios baianos. Todas são relativas ao exercício de 2022.

No período da tarde a 1ª Câmara analisou apenas as contas da Câmara de Baixa Grande, sob a administração do vereador Hélio Gonçalves de Araújo Júnior, foram consideradas regulares na íntegra.

Após 21 anos, câmara de Baixa Grande tem contas aprovadas em sua integridade, mérito do vereador Hélio Gonçalves e sua equipeEm Baixa Grande, a última conta da Câmara foi aprovada sem ressalva em 2001 na gestão do então presidente, Wilobaldo São Leão Carvalho. A aprovação das contas de 2022, de responsabilidade do vereador Hélio Gonçalves (Bengo), quebrou o ritmo de 21 anos atrás.

As contas das Câmara e Prefeituras são votadas pelo TCM desde 1990. Ao longo destes 32 anos, as contas da Câmara de Baixa Grande tiveram 6 aprovadas sem ressalvas e as demais aprovadas com ressalvas, sendo que alguma delas foram aplicadas multas aos gestores.

Com informações e fotos de Ediomário Catureba

recentes