Esta Eleição, se concretizada, seria a segunda Eleição para o CMDS/Ipirá, em menos de 35 dias, após já ocorrido uma primeira eleição no dia 23/02.

Nesta segunda-feira (29/03), a Eleição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável (CMDS) – biênio 2021/2023, em Ipirá (BA), foi prorrogada.

De acordo com o Edital de Convocação, de 26 de março de 2021, uma segunda eleição para a nova diretoria do CMDS, em menos de 35 dias após a primeira eleição para o mesmo conselho, aconteceria nesta segunda-feira (29/03).

A Eleição ocorrida no dia 23/02 (Adson Soares é eleito presidente Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável – CMDS), foi desconsiderada.

O evento, desta segunda-feira (29), ocorria no Centro Cultural Elofilo Marques, na parte da manhã, e após diversas discussões, já com a reunião em andamento, a nova eleição foi abortada.

O aborto, aconteceu em razão do evento contar com a participação, não programada, do advogado Ricardo Sampaio, que em pronunciamento, apontou dispositivos legais que deveriam ser levados em consideração para que ocorresse a nova Eleição.

Após a explanação do advogado Ricardo, os organizadores da Eleição, consultaram as pessoas que se encontravam no evento se a maioria era a favor ou contra a Eleição naquele momento.

A grande maioria das pessoas presentes levantaram os braços e se posicionaram a favor, de que as sugestões do advogado Ricardo fossem levadas em consideração, e assim uma nova possível data para a Eleição do CMDS foi acatada.

Veja no vídeo abaixo, um resumo, após o evento, onde o advogado Ricardo, explica o porque do adiamento da Eleição do CMDS

 

Por Orlando Santiago Mascarenhas
ipiranegocios.com.br

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •