Após o lockdown, população de Ipirá deverá redobrar os cuidados com a pandemia

Diante dos números de casos e atual disseminação da Covid-19 na Bahia, pesquisadores da Fiocruz e gestores públicos apontam para uma situação de estabilidade epidêmica, mas alertam para o risco de uma nova explosão de casos nas próximas semanas, a chamada terceira onda, caso as medidas de prevenção contra o coronavírus não sejam mantidas.

Após detectar a chegada da variante de Manaus, o prefeito do município de Ipirá decretou lockdown, através do decreto  nº 250/2021, que determinou o fechamento de serviços considerados não essenciais a partir das 18:00h do dia (19) até às 05:00h da manhã da próxima terça-feira (25).

O decreto também estabeleceu a suspensão do transportes (ônibus, vans e kombis) com passageiros vindos da zona rural do município, além da entrada dos feirantes de cidades circuvizinhas, para comercialização de quaisquer produtos, no Centro de Abastecimento, suspendendo também a feira livre deste domingo (23).

No entanto, a preocupação recai sobre a reabertura das atividades comerciais na próxima terça-feira (25), onde a falta de consciência de parte da população sobre a gravidade da pandemia, poderá acarretar outra explosão de casos no município.

Para evitar a propagação da COVID-19, faça o seguinte:
* Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool em gel.
* Mantenha uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.
* Use máscara quando não for possível manter o distanciamento físico.
* Não toque nos olhos, no nariz ou na boca.
* Cubra seu nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar.
* Fique em casa se você se sentir indisposto.
* Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.
Independente do Poder Público, a população tem que estar  consciente de suas ações e responsabilidades para conter a propagação do virus. Se cada um fizer a sua parte, venceremos essa batalha.
Caboronga Notícias