sábado, julho 13, 2024

Após polêmica com Moro, aliados pedem a Lula que fique em silêncio

Auxiliares de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vêm aconselhando o presidente a ficar em silêncio nos próximos dias até que a polêmica envolvendo o petista e o senador Sergio Moro (UB-BR) caia no esquecimento. A informação é do colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles.

A polêmica correu depois que Lula disse que a operação da Polícia Federal (PF) que investigava os planos do PCC para matar Moro seria uma “armação” do ex-juiz.

De acordo com a publicação, integrantes do governo avaliam que a fala de Lula foi um erro, permitindo que Moro se vitimasse. Além disso, o presidente teria colocado em xeque a atuação da PF, que atuou no caso do PCC.

Ainda segundo o colunista, aliados de Lula acreditam que o presidente o presidente deve evitar realizar discursos improvisados e falas à imprensa. Apesar da orientação dos auxiliares, o petista vem dizendo alguma frase indesejada.

Há o entendimento de que o cancelamento da viagem que Lula faria à China possa ajudar o presidente a não entrar em novas polêmicas com Moro. O petista está recluso no Palácio da Alvorada por orientação médica.

BNews

recentes