Moradores de Paripe, no Subúrbio de Salvador, tiveram que andar cerca de 2km em busca de um ônibus para ir ao trabalho na manhã desta terça-feira (26). Rodoviários decidiram suspender a circulação dos coletivos no fim de linha do bairro após um dos veículos ter sido incendiado por moradores, na segunda-feira (25).

O ato foi realizado na Rua Almirante Tamandaré em protesto contra a morte de um adolescente de 15 anos, baleado nas costas na localidade de Bate Coração. Segundo o Sindicato dos Rodoviários, a paralisação é por conta da sensação de insegurança entre os profissionais da categoria. A Polícia Militar aumentou o efetivo do patrulhamento na região.

Redação VN – Foto: Leitor Varela Notícias
redacao@varelanoticias.com.br