Ataque suicida em Uganda mata 3 pessoas e deixa mais de 30 feridas

A capital da Uganda, Kampala, sofreu um ataque suicida triplo nesta terça-feira (16) que deixou ao menos três mortos e 33 feridos. Até o momento nenhum grupo assumiu o atentado.

As explosões ocorreram em pontos diferentes -a primeira, perto da delegacia do centro, e a segunda, próxima ao Parlamento-, onde as pessoas correram em busca de proteção. Ainda segundo informações da polícia local, o primeiro ataque foi feito por um homem com uma mochila nas costas. Já o segundo foi com dois homens bomba em uma moto.

Além das vítimas, outras 33 pessoas foram socorridas -cinco em caso grave. Um diplomata informou a Reuters que dois agentes estão entre os mortos, mas a polícia de Enanga não deu detalhes sobre o caso.

A Uganda é conhecido como símbolo da luta contra terroristas islâmicos no leste da África. Até o momento, não houve reivindicação da autoria do ataque, mas a polícia aponta os membros das Forças Democráticas Aliadas (ADF), alinhados ao Estado Islâmico, como os responsáveis.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui