segunda-feira, maio 20, 2024

Aumento das facções criminosas pode estar ligado aos 48 homicídios registrados em Feira este ano

Quarenta e oito homicídios já foram registrados em Feira de Santana em 2023. Em janeiro, foram 35 mortes violentas, entre elas um latrocínio (roubo seguido de morte). Em feveireiro, até o momento, 13 assassinatos ocorreram no município.

Segundo a Polícia Civil, os bairros mais violentos da cidade, conforme os dados, são Conceição (9 homicídios) e Mangabeira (6).

Entre os crimes que chocaram a população na última semana está o de Pâmela dos Santos de Jesus, de 20 anos. Ela foi morta com vários tiros na noite da última quarta-feira (8) no Residencial Alto do Rosário, no bairro Mangabeira.

A vítima estava no quarto com os dois filhos quando dois homens invadiram a residência e surpreenderam a família. Durante os disparos, uma criança de 1 ano e 7 meses foi baleada e está internada no Hospital Estadual da Criança (HEC), onde passou por uma cirurgia e não corre risco de morte.

De acordo com o delegado Rodofo Faro, que é titular da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana (DH), o aumento do número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) preocupa a polícia, sobretudo devido ao crescimento de organizações criminosas ligadas ao tráfico de drogas.

“A gente avalia como preocupante o grande número de homicídios, tanto do mês de fevereiro como de janeiro. Isso demonstra, segundo investigações, o aumento da violência no que diz respeito à atuação das organizações criminosas em Feira de Santana, e como se não bastasse temos informações de um racha existente em umas dessas facções que estaria fazendo aumentar o índice desses homicídios na cidade”, afirmou.

Sobre o homicídio praticado no Alto do Rosário, ele informou que a motivação do crime pode estar ligada também ao tráfico de drogas, e que o companheiro da vítima morreu no ano passado durante um confronto com policiais militares.

“Existe a informação de que o companheiro desta vítima veio a óbito em um confronto com a polícia militar no ano passado, e essa situação procede.”

Duplo homicídio no Nova Esperança

Ontem (9), dois jovens que moravam no bairro Tanque da Nação foram mortos a tiros na Rua Faxinal do Saturno, no bairro Nova Esperança.

O crime também chocou a população que reside no local, uma vez que as vítimas foram executadas no início da tarde e foram encontradas com as mãos amarradas e sinais de tortura.

Conforme o delegado Rodolfo Faro, a Polícia Civil ainda está nas buscas para identificar os dados do veículo usado no crime e os autores.

“As vítimas foram dominadas, torturadas, e depois deixadas no local onde foram executadas. A polícia trabalha no sentido de investigar o veículo e os seus autores, para que possamos identificá-los e representar pela prisão dos mesmos”, afirmou.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

recentes