A eleição do Consórcio Jacuípe, que estava prevista para a manhã desta quarta-feira (19) foi adiada pelos 15 prefeitos presentes. A decisão foi tomada a partir de uma divergência nos critérios de votação. Foram inscritas duas chapas para o pleito 2019 – 2020: chapa 01 encabeçada pelo atual presidente do Consócio, o prefeito de Capela do Alto Alegre, Dr.Nei, contando também o prefeito Erismar Almeida Souza, do município de São José do Jacuípe, e Rogério Serafim Vieira de Sousa, mais conhecido como Aldinho, de Serra Preta.

Do outro lado a chapa 02 formada pelos prefeitos: João Batista Ferreira, conhecido por Batista de Farmácia do município de Pintadas, Antônio Joilson Carneiro, do município de Pé de Serra, e Marcelo Antônio Santos Brandão de Ipirá. Porém Marcelo Brandão não estava presente, e segundo o Estatuto do Consórcio Jacuípe a Chapa não poderia ir a pleito.

“O Estatuto do Consórcio Jacuípe é muito claro, nele deixa explícito que após a inscrição da chapa não pode mais mudar o nome dos componentes. Diante dessas questões, após muito diálogo os prefeitos decidiram por adiar a eleição, rever o estatuto no que se trata das questões eleitorais, para daí marcar uma nova eleição’’, disse o Secretário Executivo Erivan Santos, que presidia a Assembleia.

Com participação de 15 prefeitos, dos 16 que compõem o Consórcio Jacuípe, após muito diálogo juntamente com os advogados do Consórcio e da FEC Bahia, os gestores decidiram adiar a eleição, como explica o atual presidente, o Prefeito de Capela, Dr. Nei. ‘’ Nossa intenção era sair com o resultado hoje, mas infelizmente devido as divergências achamos melhor adiar e rever algumas normas eleitorais dentro do Estatuto.

Nossa única preocupação no momento é atrasar o início dos trabalhos do novo presidente. Mais uma vez agradeço a compreensão e apoio dos nossos prefeitos e esperamos a presença de todos no próximo dia 15, onde iremos decidir a data da nova eleição e estabelecer novas regras da eleição, concluiu o Presidente.

Por: Consórcio Jacuípe