Milhares de peixes foram encontrados mortos na costa do Golfo de Nicoya, na Costa Rica, nesta quarta-feira (15). O Ministério de Segurança Pública do país anunciou que o Serviço Nacional de Guardacostas e o Serviço de Vigilância Aérea estão colaborando com a investigação sobre o que pode ter causado a morte dos animais.

O caso ocorreu na Enseada de Abangaritos, no distrito de Manzanillo, região central de Puntaneras. Agentes da guarda costeira recolheram amostras dos peixes mortos no mar e na areia para enviar para a Universidade Nacional (UNA). A vigilância aérea também fez uma patrulha para analisar o dano ambiental causado na região.

De acordo com o comandante Freddy Campos, biólogo marinho da Unidade Ambiental da Guarda Costeira de Caldera, a maioria dos peixes são sardinhas do tipo Anchova, mas também foram encontradas outras espécies no local.

Após análise dos estragos, de acordo com o jornal “La Nación”, as autoridades proibiram a pesca, o consumo e a venda de peixes originados do local afetado. Além disso, os turistas foram alertados para evitar entrar no mar da região.

“Acreditamos que é algo pontual, mas devemos tomar medidas de precaução até que tenhamos um resultado das provas”, disse Daniel Salas, chefe de Vigilância da Saúde, ao “La Nación”.

Do G1

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •