O time que entra em campo contra o Flamengo, completo sabe que sempre é uma grande missão, embora o Rubro Negro carioca ainda não esteja brilhando o esperado pela torcida pelo grande elenco que possui, e quando o adversário perde um jogador de defesa com 29 minutos do primeiro tempo, muitos praticamente acaba jogando a toalha.

Foi assim o sofrimento do Bahia na noite deste domingo, 25, jogando em seus domínios onde tinha perdido apenas dois jogos no ano, entrou confiante na vitória, pois, um tropeço colocaria a equipe pela primeira vez na zona de rebaixamento, o treinador Jorginho promoveu o retorno do zagueiro Lucas Fonseca para atuar ao lado de Tiago, a dupla vinha atuando bem até que Fonseca teve um problema de contusão e foi afastado.

No jogo de hoje demonstrava muito nervosismo e reclamava de tudo. 4 minutos, a jogada parada para a falta, Arão e Lucas Fonseca caem na área após encontrão. Árbitro chama para a conversa e diz: “Acabou! Aqui não!”.

Aos 21 Zé Rafael ganha a jogada pelo meio, tenta invadir a área, mas cai na marcação de Guerrero. O árbitro marca a falta. Lucas Fonseca parte pra cima do juiz pedindo o amarelo para o jogador do Flamengo, mas quem recebe o cartão é ele.

Oito minutos depois, Lucas Fonseca corta bola de qualquer maneira, atinge Guerrero e que deixa o braço. Fonseca simula um empurrão do atacante do Fla e o juiz resolve amarelar os dois atletas, pior para o Bahia que Lucas já tinha recebido um e acabou expulso.

O Bahia que vinha bem no jogo com as jogadas de Zé Rafael, Vinicius e Allione no ataque para recompor a defesa teve que sacrificar Vinicius jogador com potencial de chutes a gol e colocou Rodrigo Becão. Por incrível que pareça o Bahia mostrou muita força e chegou a criar jogadas de perigo mais que o Flamengo.

No segundo tempo o ritmo foi o mesmo, jogo de um lado e de outro, o Bahia tentava mais com a bola parada e o Flamengo apostando nos contra-ataques com Diego, Éverton Ribeiro,Vinicius e Berrio, até que aos 27 conseguiu balançar a rede tricolor. Éverton Ribeiro tentou a finalização, mas mandou no pés de Berrío. Na área, pela direita, o atacante conseguiu controlar a bola e bater cruzado, sem chances para Jean.

O gol deu tranquilidade ao Flamengo que passou a tocar mais a bola e tentar nos contra-ataques ampliar o marcador, o Bahia lutou até o fim não conseguiu o empate, mas mostrou muita luta e como diz a máxima esportiva ‘vendeu caro’ a derrota que coloca o clube pela primeira vez no Z4 se juntando ao Vitória que também perdeu na rodada para o Atlético Paranaense por 4 a 1. Os dois vão duelar no próximo domingo, 2, no Barradão.

Bahia caiu para 17ª com 10 pontos e o Vitória 18° com 8 pontos.

O Flamengo por sua vez entrou no G4, subiu para terceira colocação com 17 pontos.

Da redação CN Esporte