sexta-feira, junho 14, 2024

Bahia e Atlético de Alagoinhas empatam em jogo eletrizante no Carneirão

O confronto entre Atlético de Alagoinhas e Bahia, na segunda rodada do Campeonato Baiano, marcou um empate bastante movimentado com seis gols. Lucas Aruba, Diego Rosa e Eric (Contra) marcaram para o tricolor. O Carcará buscou o jogo com gols de Giancarlos e Felipe, duas vezes.

O próximo confronto do Esquadrão de Aço acontece na próxima quarta-feira (24), na Arena Fonte Nova, às 19h15, em partida válida pela terceira rodada do Baianão. O jogo ficará marcado pela estreia do elenco principal após o retorno da pré-temporada, em Manchester, na Inglaterra. Já o Carcará enfrenta o Jacuipense, no Valfredão, na quinta-feira (25), às 21h30.

O Bahia perdeu a chance de conseguir os três pontos, mas garante a sua primeira pontuação na tabela após o empate. o Atlético somou 4 pontos após o resultado.

O jogo
Com um minuto de partida, o meia Diego Rosa lançou para Everton, que erra passe de calcanhar, a bola sobrou para Roger Gabriel finalizar e Endrio espalmar. No rebote, o camisa 11 abre o placar para o Tricolor.

Atlético busca o empate
Aos cinco minutos, Eric recebe sozinho na lateral e cruza para Giancarlos, que cabeceia sozinho para o fundo do gol de Adriel.

Quase virada do Tricolor
Endrio se atrapalha em lançamento de Roger Gabriel, aos 6 minutos, e se choca com o colega de time, a bola sobrou para Everton, que chutou cruzado em direção ao gol, mas a bola passou rente à trave e saiu em tiro de meta. Lucas Aruba tentou, mas não chegou a tempo.

Pênalti para o Bahia
Aos 10 minutos, Lucas Aruba entrou pela lateral da área e foi derrubado pelo defensor do Atlético.

Virada do Esquadrão
Criticado pela torcida, Diego Rosa assumiu a responsabilidade e realizou a cobrança no canto direito do Goleiro Endrio. O Bahia saiu novamente na frente do placar aos 11 minutos.

Gol Impedido
O Atlético quase empatou novamente aos 25. Leozinho chutou forte após rebote de Adriel em finalização de Eric fora da área, mas o impedimento já havia sido marcado.

Defesaça de Adriel
Rodrigo fez jogada individual e chutou sem ângulo, aos 35 minutos, mas Adriel trabalhou para fazer boa defesa que evitou o empate.

Empate do Carcará
Felipe, aos 36, empatou para o Atlético após o rebote do escanteio, a bola foi lançada novamente na área e Joalison cabeceou para Fellipe pegar chutar de primeira.

Chance desperdiçada
Wallifer faz jogada individual em cima da defesa do Atlético e encontra Everton sozinho, que isolou a bola em lance que poderia colocar mais uma vez o Tricolor no placar, aos 40 minutos.

Segundo Tempo
Diferente do primeiro tempo, a segunda etapa começou em ritmo mais lento, tendo o seu primeiro momento de perigo aos 14 minutos, com jogada de Roger, que toca para o meio, Everton ajeitou para a finalização de Tiago, que deixou nas mãos de Endrio.

Quase o terceiro do Bahia
Waliffer fez bela jogada individual pela esquerda, driblou dois marcadores e chutou muito próximo ao gol. Aos 15 minutos a bola tirou tinta da trave.

Bahia chega o terceiro gol
Após lançamento na área do Atlético, Tiago fez jogada individual e cruzou para trás. Jota chutou ao gol e a bola bateu no defensor Eric, que fez gol contra aos 25 minutos.

Atlético Empata novamente
Aos 37 minutos, o zagueiro Fellipe marcou o seu segundo gol e cobrou falta com perfeição, no ângulo direito do goleiro Adriel.

FICHA TÉCNICA

Atlético 3 x 3 Bahia
Campeonato Baiano – 2ª rodada
Local: 
Carneirão, em Alagoinhas
Data: 21/01/2024
Horário: 16h
Transmissão: TVE Bahia (TV aberta e YouTube)
Árbitro: Diego Pombo Lopez
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Paulo de Tarso Bregalda Gussen.
Gols: Lucas Aruba, Diego Rosa (Bahia), / Giancarlos, Felipe (Duas vezes) (Atlético)
Cartões Amarelos: Caio Roque, Marcos Victor (Bahia) / Rodrigo, Alex Galo, Ruan Telles, Joalison (Atlético)

Atlético: Endrio; Eric (Taylon), Felipe Ferreira, J.Bahia, Neto; ítalo Tabata (Rikelm), Alex Gallo, Ruan Telles (João Carlos); Leozinho, Giancarlos (Evair) e Rodrigo (Eli Cruz). Técnico: José Carlos Leal

Bahia: Adriel; André, Marcos Victor, Marcello, Caio Roque (Rafael Soares); Jota (Wendel), Diego Rosa (Guilherme Brito), Roger (Alex), Waliffer; Lucas Aruba (Tiago) e Everton. Técnico: Rogério Ferreira

Bahia Notícias

recentes