sábado, maio 25, 2024

Bahia lidera em energia renovável e produz 1/3 da eólica do Brasil

Recentemente, tive a oportunidade de mergulhar em uma notícia que me deixou particularmente animado: a Bahia está liderando o caminho na produção de energia renovável no Brasil, contribuindo com um terço da energia eólica do país. Este fato foi destacado durante o Fórum Brasileiro de Líderes em Energia, um evento de prestígio que reúne especialistas e líderes do setor.

Na cidade do Rio de Janeiro, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, compartilhou insights valiosos sobre o sucesso do estado na geração de energias limpas. Sua apresentação não apenas destacou o desempenho impressionante da Bahia, mas também sublinhou o potencial para futuras expansões neste setor vital.

Um Marco na Geração de Energia Eólica

Um dos pontos altos da minha pesquisa foi descobrir sobre o Complexo Eólico Aroeira, inaugurado recentemente pela Enel Green Power. Este projeto tem a capacidade de atender 849 mil residências anualmente, com 81 aerogeradores espalhados por oito parques eólicos. A capacidade instalada de 348,30 MW e a produção anual de 1.800 GW são números que falam por si, mostrando o compromisso da Bahia com a sustentabilidade e a redução da emissão de gases nocivos.

Contribuições e Perspectivas Futuras

O evento no Rio de Janeiro foi uma plataforma para discutir a transição energética e o que os estados podem oferecer para a COP 30. A Bahia, junto com o Rio Grande do Norte, demonstrou ser um pilar na geração de energia de fontes renováveis, destacando a importância do Nordeste no cenário energético nacional. A projeção é que, com os empreendimentos em implantação, a Bahia alcance em breve 50 GW de capacidade instalada em energia eólica e solar.

Um Futuro Renovável

A matriz elétrica da Bahia já é composta por 93% de fontes renováveis, com a energia eólica representando a maior parte. Este fato não apenas reforça o papel do estado como líder em energia limpa, mas também aponta para um futuro onde a sustentabilidade é a chave para o desenvolvimento econômico e social.

Concluindo, a liderança da Bahia na geração de energia renovável é um exemplo brilhante de como o investimento e o compromisso com fontes limpas podem transformar o cenário energético de uma região. Estou ansioso para ver como essa liderança se desenvolverá nos próximos anos e o impacto que terá não apenas no Brasil, mas também no esforço global para combater as mudanças climáticas.

Fonte: Canal Rural

recentes