domingo, junho 16, 2024

Bahia reduz desmatamento de mata atlântica em 43% em 2023

A Bahia reduziu em 43% a área desmatada de Mata Atlântica entre janeiro e maio deste ano, de acordo com um levantamento feito por um sistema de alerta que monitora o bioma através de satélites, o MapBiomas. Apesar disso, o estado ainda está na lista dos que mais desmatam a mata atlântica.

“O desmatamento da mata atlântica sempre foi muito concentrado nos estado da Bahia, Minas Gerais e Paraná. O que está acontecendo é que os grandes desmatamentos, com mais de 10 hectares, que diminuíram”, explicou Mracos Rosa, coordenador técnico do projeto MapBiomas.

Segundo o coordenador, a diminuição desses grandes desmatamentos, que são ilegais, está relacionada a uma maior fiscalização do bioma.

Apesar da diminuição do desmatamento, ainda é preciso avançar nas medidas de preservação. Segundo o ambientalista Rui Rocha, 80% da cobertura original da mata atlântica brasileira já foi desmatada.

“Precisamos ter pelo menos ter 30% ou 40% da cobertura original, para garantir a manutenção das funções ecológicas”, afirmou o ambientalista.

Em Salvador, é possível encontrar pelo menos três reservas do bioma, como o Parque da Cidade, Pedra de Xangô, Parque de Pituaçu, Jardim Botânico e Parque São Bartolomeu.

g1ba

recentes