No famoso “apagar das luzes”, o segundo BaVi do ano, valendo pelo Campeonato Baiano, deu Bahia. Com direito a três gols feitos na base da bola parada, o Tricolor venceu por 2 a 1 jogando no Manoel Barradas, e se garantiu na primeira posição com 14 pontos. O Vitória está em segundo com 11.

A regularidade no desempenho tanto de Rubro-Negros como de Tricolores não foi das maiores já que Vitória e Bahia oscilaram bastante já dentro dos primeiros 45 minutos. Com direito, inclusive, a reclamação contra a arbitragem dos dois lados tanto quando Gabriel Bispo balançou a rede para os rubro-negros como também no momento onde Gustavo teria sofrido penalidade em dividida com o goleiro Lucas Arcanjo.

O jogo – que teve menos de 10 mil pagantes -, mais uma vez, foi com torcida única e o local onde ficariam os torcedores tricolores estava vazio.

Segundo tempo

O retorno do Vitória para o tempo complementar foi bem superior em volume de jogo comparado com o rival principalmente no aspecto da diminuição dos espaços na saída de bola do Bahia e transformar essa pressão em volume de jogo. Todavia, logo na primeira chegada mais clara do Esquadrão na etapa complementar, aos 22 o zagueiro Anderson se antecipou a marcação depois da cobrança de escanteio e testou com força, já na pequena área, abrindo o placar no Barradão.

Na produtividade, o Leão seguia superior e, muito na base da persistência contando também com o aspecto da bola parada, o Rubro-Negro colocou o time de novo na partida. Em cobrança de escanteio, Eron testou para superar Fernando.

Quando o jogo parecia praticamente definido, Arthur Rezende sofreu uma falta na entrada da área e ele mesmo se encarregou da cobrança. Com maestria, o camisa 10 do Bahia cobrou por sobre a barreira e mandou no canto direito de Lucas Arcanjo que pulou atrasou e não alcançou.

O time de aspirantes do Vitória volta a campo no próximo dia 15 de março, no Estádio Valfredo Matos, em Riachão do Jacuípe, para enfrentar o Jacuipense. Na quinta-feira, 5/03, o time principal enfrenta o Lagarto, de Sergipe, no Manoel Barradas, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O próximo jogo do Bahia será no domingo, 8/03, contra o Doce Mel, às 16h, na Fonte Nova, válido pela 7ª rodada do Campeonato Baiano.

Ficha técnica:

Campeonato Baiano | 1ª fase | 6ª rodada

Estádio: Manoel Barradas, Salvador

Vitória: Lucas Arcanjo; wellisson, Nuno, Carlos e Leocovick; Gabriel Bispo, Romisson e Eduardo; Ruan Levine (Negueba), Matheus Tenório (Rodrigo Carioca) e Eron. Técnico: Agnaldo Liz

Bahia: Fernando; Willian Lepo, Ignácio, Anderson e Mayk; Yuri, Edson (Caio Mello) e Arthur Rezende; Gustavo, Alesson (Régis Tosatti) e Saldanha (Caíque). Técnico: Dado Cavalcanti

Gols: Anderson, aos 22 minutos do 2º tempo; Eron, aos 34; Arthur Rezende, aos 49

Cartões amarelos: Nuno, Eduardo (Vitória) | Edson, Arthur Rezende (Bahia)

Público: 9.280

Renda: R$ 140.863,00

Arbitragem: Bruno Pereira Vasconcelos, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira.

Tudo News com foto: Felipe Oliveira / EC Bahia