Um triunfo para consolidar a reação do Bahia na Série B. O tricolor se vingou da derrota por 4×3 no primeiro turno e bateu o Vasco por 1×0, com gol do zagueiro Jackson de cabeça e ampliou a invencibilidade na competição, que agora é de cinco jogos.

A Fonte Nova estava de um jeito ainda não visto este ano para receber as duas equipes mais tradicionais desta Série B. Os 35.023 mil torcedores viram um Bahia dominante no primeiro tempo, que não deixou o Vasco sequer respirar.

Apesar de criar poucas chances claras de gol, o tricolor foi quem tomou a iniciativa do jogo. Com um Moisés inspirado, o lado esquerdo se tornou a principal alternativa de ataque. Em um lance de muita força física, o lateral esquerdo deixou Douglas no chão com o corpo e cruzou rasteiro, mas Jordi segurou antes de Edigar Junio finalizar.

Aos oito minutos, no terceiro escanteio consecutivo, Renato Cajá cobrou fechado, mas o atacante Ederson, que ajudava a defesa, afastou o perigo. Mal sabiam os vascaínos que esta jogada teria sido apenas um ensaio do que estava por vir.

Aos 32 minutos, Cajá cobrou escanteio fechado novamente e Jackson apareceu como uma flecha para desviar pro fundo do gol e abrir o placar na Fonte. Mesmo em desvantagem, o Vasco não conseguia sair da forte marcação do Bahia.

Segundo tempo

As equipes voltaram sem mudanças do intervalo, mas o time carioca veio com outra postura. Logo aos 2 minutos, Ederson, em posição duvidosa, ajeitou de cabeça para Jorge Henrique chutar de primeira e obrigar Muriel a fazer uma grande defesa.

Com a marcação um pouco mais recuada, o Bahia buscava os contra-ataques para tentar ampliar, mas pecava no último passe. O sistema defensivo tricolor, no entanto, continuava intransponível, representado principalmente pela figura do lateral esquerdo Moisés.

Aos 36 minutos, o Vasco voltou a assustar na falta cobrada por Nenê que Douglas cabeceou na trave. Muriel também chegou a tocar na bola no lance. Guto Ferreira colocou Régis, João Paulo Gomes e Zé Roberto, nos lugares de Cajá, Victor Rangel e Hernane, para tentar dar mais velocidade ao time.

Mas os últimos minutos foram marcados pela blitz vascaína, mesmo que de forma muito desorganizada. Yago Pikachu ainda tentou de fora da área aos 49 minutos, mas Muriel fez a defesa e em seguida o juíz apitou o final da partida.

O resultado fez o Bahia diminuir a distância para o G-4 e até mesmo para o líder Vasco, que é de agora seis pontos. Na próxima rodada, o tricolor enfrenta o Náutico, sábado, às 16h30, na Arena Pernambuco, em Recife.

Fonte: Correio – Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia