sábado, maio 18, 2024

Bombeiros Militares da Bahia já resgataram mais de 200 pessoas durante enchentes no Rio Grande do Sul

As enchentes que afetam o estado do Rio Grande do Sul, estão deixando um rastro de destruição, tristeza e muitas perdas. A tragédia já registra 85 pessoas mortas e 134 desaparecidas. Há ainda mais de 200 mil pessoas fora de suas casas. Uma força-tarefa de solidariedade e resgates também formou-se reunindo voluntários, instituições, governos e sociedade civil.

O Corpo de Bombeiros Militares da Bahia está presente no Rio Grande do Sul e atuando no resgate de pessoas e animais. O coronel Jadson Almeida, em contato com o Acorda Cidade, relatou como está a situação no momento e de acordo com ele, embora seja muito complicada, com muitas pessoas desalojadas e que perderam parentes, na segunda-feira (6), a chuva deu uma trégua na Serra Gaúcha e trouxe um pouco mais de esperança.

“Estamos fazendo o resgate de corpos, buscas por desaparecidos, remoção de pessoas e animais de locais de risco e o controle de acesso a esses locais de risco. Estamos atuado no município de Bento Gonçalves, distrito de Faria Lemose em Caxias do Sul nos distritos de Galópolis e Santa Lúcia do Piaí. Apesar de muito trabalho a tendência é melhorar”, observou.

De acordo com o coronel Jadson Almeida, o foco também a partir de agora será as cidades de Porto Alegre, Canoas e regiões vizinhas. Até a noite de segunda-feira o Corpo de Bombeiros Militares da Bahia já respatou 207 pessoas, 4 corpos e 18 animais domésticos.

Com informações da jornalista Iasmim Santos do Acorda Cidade.

recentes