Morreu na manhã desta sexta-feira (5), o cantor mineiro Vander Lee, de 50 anos. A assessoria de imprensa do músico confirmou que ele passou mal nessa quinta (4) e foi internado no Hospital Madre Teresa, em Belo Horizonte.

As causas da morte ainda não foram esclarecidas, mas informações preliminares dão conta que ele sofreu três paradas cardíacas. A assessoria de imprensa do Hospital Madre Teresa informou que está em contato com a família e divulgará uma nota à imprensa.

Vander Lee era separado e deixa três filhos. Ele se firmou como um dos principais nomes da música mineira com nove discos, entre registros ao vivo e em estúdio. O compositor tinha 19 anos de carreira.

O cantor tinha uma agenda de show. O último vídeo postado em sua página oficial no Facebook mostra Vander Lee convidando o público de Volta Redonda para a apresentação que aconteceria no dia 13 de agosto.

A morte do cantor já chega ao topo dos assuntos mais comentados no Twitter no Brasil. Grandes nomes como Rogério Flausino, vocalista do Jota Quest e o Padre Fábio de Melo já lamentam o falecimento.

Entre suas composições de sucesso, está a música “Eu sou Galo e ela é Cruzeiro”, feita em homenagem aos dois clubes de Minas.

Pelo Twitter, o Padre Fábio de Melo e o também músico e vocalista do Jota Quest, Rogério Flausino, lamentam o falecimento do artista. “Que tristeza, minha gente! O Brasil perdeu um grande artista. Eu perdi um amigo especial”, escreveu o religioso.

Informações: O Tempo.