quinta-feira, maio 30, 2024

Brasil volta a ter ‘clima de inverno’ no fim de agosto e começo de setembro

Depois de semana com temperaturas atípicas, a amplitude térmica em todo o País deve ser menor nesta semana, mais dentro das características típicas do inverno brasileiro. De acordo com o Inmet, as chuvas devem se concentrar especialmente na região Sul, com volumes acima dos 50 milímetros em grande parte da região. Em áreas centrais, o acumulado ultrapassa 90 milímetros. A única exceção é o extremo sul do Rio Grande do Sul. Por lá, os volumes podem ser inferiores a 20 milímetros. As mínimas nos três Estados da região devem oscilar entre 8ºC e 14ºC, com Curitiba registrando sua temperatura mais baixa da semana na segunda-feira, com a previsão de 6ºC.

Nos estados do Centro-Oeste e Sudeste do País, a tendência é de tempo seco em praticamente toda a semana, com possibilidade de pancadas isoladas, especialmente no norte de Minas, Sul da Bahia e na região de divisa entre Goiás e Tocantins. Em São Paulo, a temperatura deve subir lentamente até o próximo domingo, que deverá ter máxima de 29ºC.

Ao longo da costa do Nordeste e a maior parte de seu interior, a semana deve ser de sol entre nuvens, sem previsão de chuva, segundo os modelos meteorológicos. A mínimas devem ficar na casa dos 23ºC e as máximas, superar os 30ºC, com Teresina podendo atingir 37ºC durante toda a semana.

Já na região Norte do País, a chuva só deve chegar no fim da semana, com pancadas previstas para o noroeste do Amazonas, oeste do Acre e extremo norte de Roraima. Nas demais áreas da região, podem ocorrer baixos volumes de chuva, inferiores a 20 milímetros. As capitais Rio Branco e Boa Vista devem ter as maiores amplitudes da região, com 13 graus entre suas mínimas e máximas, que devem oscilar entre 25ºC e 38ºC.

Notícias ao Minuto

recentes