O cadeirante Valdenor Silva do município de Ipirá, publicou em suas redes sociais na manhã desta quarta-feira (03), um vídeo onde chama a atenção para a falta de respeito do poder público para com a pessoa com mobilidade reduzida.

Em um desabado o cadeirante disse o seguinte:

“Quero chamar atenção do poder público municipal, pois a Lei Brasileira de Inclusão ou seja o estatuto da pessoa com deficiência deixa bem claro que a pessoa com deficiência deve ter direito a acessibilidade. Olha só a falta de respeito e de cumprimento a Lei Brasileira de Inclusão. Peço ao poder público que tome providência pois nós pessoas com deficiência não aguentamos mais” disse Valdenor.

Veja Vídeo


A LEI No 10.098, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2000 em seu artigo I – acessibilidade: possibilidade e condição de alcance para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, inclusive seus sistemas e tecnologias, bem como de outros serviços e instalações abertos ao público, de uso público ou privados de uso coletivo, tanto na zona urbana como na rural, por pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida.

“Sinto-me na obrigação de apoiar essa atitude por ser também portador de deficiência física e sentir na pele essa situação. Rampas gigantescas são colocadas nos passeios de residências para os veículos terem acesso as garagens, enquanto pessoas com mobilidade reduzidas, são obrigadas a disputarem espaço com os veículos no calcamento mau conservado. Esperamos que os senhores vereadores cumpram sua verdadeira missão de legisladores e fiscais do povo” disse Jorge Luiz.

Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que Valdenor protesta através de vídeos, na busca do seu direito de ir e vir com dignidade.

Caboronga Notícias com imagens do facebook

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •