sábado, maio 25, 2024

Calendário esportivo de 2024 tem Olimpíadas, Copa América e Eurocopa

(FOLHAPRESS) – O calendário esportivo de 2024 tem como maior destaque a edição de Paris dos Jogos Olímpicos, de 26 de julho a 11 de agosto. Na sequência, de 28 de agosto a 8 de setembro, acontecem os Jogos Paralímpicos, nos quais o Brasil se destaca entre as potências.

O país deve chegar à principal competição esportiva com chances reais de medalhas de ouro em diversas modalidades, apoiado em nomes que se destacaram em suas respectivas áreas em 2023.

Entre eles, a ginasta Rebeca Andrade, que conquistou cinco medalhas no Mundial da Antuérpia, incluindo um ouro no salto, é uma das favoritas. Ela desbancou a norte-americana Simone Biles na final e faturou outras quatro medalhas –duas delas de ouro, no Pan-Americano.

Filipe Toledo, que se sagrou bicampeão mundial e manteve a hegemonia do Brasil no surfe, e a jovem Rayssa Leal, que com apenas 15 anos já carrega um título mundial e uma prata olímpica, também estão entre as maiores esperanças de medalhas douradas para o país.

Hugo Calderano, quinto melhor mesa-tenista do mundo e tricampeão pan-americano, é outro que chega a Paris com chance de pódio. Na última edição dos Jogos, em Tóquio, Calderano teve o melhor resultado do país na modalidade e chegou às quartas de final.

Já o judô brasileiro, que teve nos Jogos Pan-Americanos o melhor desempenho da história na competição, chegará a Paris apostando nas medalhistas olímpicas e campeãs mundiais Rafaela Silva e Mayra Aguiar.

Copa América, Eurocopa e Copa Africana de Nações

No futebol de seleções, a Copa América nos Estados Unidos, realizada entre os meses de junho e julho, poderá ser a última grande competição de Lionel Messi. Ele vai defender a conquista de 2021, quando bateu na final o Brasil, no Maracanã.

Já a seleção brasileira, que atravessa uma crise institucional, terá de disputar o torneio sem a presença de Neymar, lesionado, e com dúvidas a respeito de quem será o treinador no banco de reservas.

Após o torneio continental, o Brasil retoma a participação nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. Atualmente na sexta colocação, a equipe enfrentará Equador e Paraguai.

No Velho Continente, a Alemanha será a sede da Eurocopa, com a Itália em busca do bicampeonato. Na última edição, em 2020, a Azzurra levou a melhor sobre a Inglaterra no estádio de Wembley, em Londres, e ficou com a taça depois da disputa por pênaltis.

A França, da estrela Kylian Mbappé, e Portugal, de Cristiano Ronaldo, também devem estar na briga pelo título.

No início deste ano acontece também a Copa Africana de Nações, que será realizada na Costa do Marfim. A competição estava prevista para acontecer entre junho e julho de 2023, mas foi adiada depois de o país africano sofrer com chuvas torrenciais no período.

Palmeiras, Manchester City e Liga Saudita

No futebol brasileiro, após conquistar em 2023 o Paulista e o Brasileiro, o Palmeiras e a joia Endrick estarão no centro das atenções, com promessas de que Flamengo e Atlético-MG tragam reforços para disputar o protagonismo nacional.

No futebol europeu, o Manchester City, de Erling Haaland e Pep Guardiola, é o time a ser batido. O clube inglês conquistou a tríplice coroa na última temporada: Champions League, Campeonato Inglês e Copa da Inglaterra.

Pela primeira vez, a reta final do Campeonato Saudita também desperta atenções por aqui, feito conquistado após a Arábia Saudita investir em reforços e levar uma legião de craques para disputar o torneio.

Rivais lutam para desbancar Verstappen na F1 e Nuggets na NBA

Na F1, as atenções estarão todas voltadas a Max Verstappen, que dominou as últimas três temporadas e assegurou o tricampeonato pela Red Bull. O heptacampeão inglês Lewis Hamilton, que viu o holandês interromper seu domínio na categoria desde 2021, tem novamente o desafio de colocar a Mercedes nos eixos.

Na NBA, as grandes equipes se reforçaram na tentativa de fazer frente ao atual campeão Denver Nuggets, liderado pelo pivô sérvio Nikola Jokic. Na transação de maior repercussão, o Milwaukee Bucks adquiriu Damian Lillard, uma das grandes forças ofensivas do esporte.

O Los Angeles Lakers do já veterano LeBron James também aparece como um dos principais postulantes ao título, depois de se sagrar campeão do novo torneio de curta duração criado neste ano para aumentar o apelo da liga no início da temporada.

No tênis, as atenções estarão voltadas ao número 1 do mundo, Novak Djokovic, assim como para o retorno ao circuito do espanhol Rafael Nadal, que ficou afastado no segundo semestre de 2023 para se recuperar de lesões.

No feminino, a brasileira Beatriz Haddad Maia, que terminou o ano na 11ª posição no ranking mundial, na esteira de conquistas importantes como os títulos no WTA Elite Trophy e as semifinais em Roland Garros, pode se consolidar como uma das principais esportistas do país.

recentes