Aconteceu na manhã desta terça-feira (19), a primeira sessão solene que marcou a abertura dos trabalhos da Câmara de Vereadores de Ipirá, no primeiro período de 2019.
No plenário estavam presentes além dos vereadores, representantes dos diversos seguimentos da sociedade ipiraense, com destaque para o prefeito municipal Marcelo Brandão (DEM), seu vice Dr. José Ricardo e o comandante da 98ª CIPM, Capitão PM Igor Prazeres.

A sessão foi aberta com a execução dos hinos do Brasil e de Ipirá. Em seguida, a palavra foi franqueada ao prefeito Marcelo Brandão que fez um breve relato da sua gestão, falou das dificuldades enfrentadas e da luta incessante em buscar benefícios para o município de Ipirá.

Após o pronunciamento do prefeito Marcelo, o presidente da casa Divanilson Mascarenhas (MDB), franqueou a palavra aos vereadores e o clima quase esquentou entre vereadores de situação e oposição, diante das cobranças e defesas. Os vereadores Weima Fraga, Marcos de Dadá, Carlinhos Simas e Deteval Brandão, aproveitaram a presença do prefeito para fazerem cobranças principalmente sobre a recuperação das estradas do município, e foram interrompidos pelo presidente Divanilson Mascarenhas, sob alegação que a sessão era solene, não cabendo aos vereadores desvirtuar o rumo da sessão.

Por sua vez, a bancada de situação, representada pelos vereadores Suita, Laelson e Mundinho de Nova Brasília elogiaram o prefeito, falando das dificuldades enfrentadas pelo gestor e da sua vontade de realizar uma grande administração.

Faltaram a sessão de reabertura dos trabalhos, os vereadores Ekel Oliveira e Jaildo do Bonfim.

Após o encerramento da sessão, os vereadores juntamente com o prefeito se reuniram cos estudantes universitários que compareceram à Câmara para cobrar dos vereadores, do prefeito e da secretária municipal de Educação, a liberação do transporte escolar universitário para conduzir os estudantes para a UNEB no município de Itaberaba.

Caboronga Notícias

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •