Foi colocado na ordem do dia na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Baixa Grande nesta quinta-feira (25), o Projeto de Lei que estabelece o reajuste dos salários do prefeito, vereadores e secretários municipais. O projeto de autoriza dos vereadores prevê 14% de aumento para prefeito e 19,7% de aumento para secretários municipais.

Finalizando o prazo para votar o aumento de salário do prefeito, vereadores e secretários municipais, os vereadores tentaram nesta quinta-feira (25), colocar em pauta o projeto de Lei que aumentas os próprios salários. Como houve divergência, o projeto foi retirado de pauta e será colocado na próxima sessão. Para ser aprovado, o projeto de Lei terá que ser votado em duas sessões no mesmo dia, pois está vencendo o prazo.

Por ser polêmico, o  projeto divide opiniões. Alguns parlamentares acham que em meio a crise em que se encontra o Brasil e consequentimente Baixa Grande. Para alguns, o salário deve permanecer no valor em que estão (Prefeito R$ 14.000,00, vereador R$ 5.400,00 e Secretário R$ 5010,00). Para outros, tem que haver o reajuste,  determinando os novos valores  para (Prefeito R$ 16.000,00, Vereador R$ 7.500,00 e Secretário R$ 6.000,00).

Por cada sessão realizada os parlamentares em Baixa Grande recebem R$ 1.350,00, caso o projeto de Lei seja aprovado, a partir de janeiro de 2017 será pago R$ 1.875,00 por sessão realizada.

Fonte:Bacia do Jacuípe