Pela quarta semana consecutiva a Câmara de Vereadores de Ipirá, não realiza sessão ordinária prevista para acontecer sempre as terças-feiras as 08h30 da manhã. A última sessão ordinária antes das eleições para eleger o novo prefeito, vice-prefeito e vereadores do município, assim como hoje, também não aconteceu.

Composição

Atualmente, o Poder Legislativo Municipal é composto por 15 vereadores. São eles; Divanilson Mascarenhas, André Luiz, Itana Paula, Laelson Neves, Edson Carneiro, Mundinho de Almir, Caryl Oliveira e Mundinho de Nova Brasília. Estes vereadores compõem a bancada de situação “apoio do prefeito”.

A bancada de oposição é composta dos seguintes vereadores; Deteval Brandão, Jaildo do Bonfim, Marcos Murilo, Weima Fraga, Carlinhos Simas e Ekel Oliveira.

Após a eleição deste domingo (15), foram eleitos e reeleitos os seguintes vereadores:

Divanilson Mascarenhas (DEM), eleito com 1.797 votos, Laelson Neves (DEM), eleito com 1.631 votos, Nielson Buranhen (PSD), Eleito com 1.412 votos, André da Saúde (DEM), eleito com 1.369 votos, Deteval Brandão (PSD), eleito com 1.365 votos, Miranda (PSD), eleito com 1.365 votos, Benedito do Leite (PSD), eleito com 1.158 votos, Raimundo Simas (DEM), eleito com 1.140 votos, Ekel Oliveira (PSD), eleito com 1.052 votos, Jaildo do Bonfim (PSD), eleito com 1.020 votos, Mundinho de Nova Brasília (DEM), eleito com 1.015 votos, Suita (DEM), eleito com 1.009 votos, Ernesto de Nova Brasília (PP), eleito com 958 votos, Rafael Teixeira (PP), eleito com 956 votos e Luma Gusmão (PCdoB), eleita com 674 votos. Eles tomarão posse no dia 1º de Janeiro de 2021.

Da atual legislatura, não conseguiram reeleição os seguintes vereadores:
Paula de Enedino, Marcos de Dadá, Weima Fraga, Carlinhos Simas, Mundinho de Almir e Caryl Oliveira. Este último não saiu candidato.

Diante de tanta falta de interesse em mostrar serviço para a população e principalmente neste final de mandato, faz-se necessária uma fiscalização mais intensa por parte do povo e da imprensa, para que a próxima legislatura seja mais produtiva.

Por Redação CN com imagem do arquivo