O tema da campanha do Outubro Rosa deste ano é ‘quanto antes melhor’, foi anunciado pela Sociedade Brasileira de Mastologia. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), mais de 66 mil casos novos de câncer de mama estão previstos para cada ano entre 2020 e 2022.

A presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) de Alagoas, a médica Lígia Teixeira, explica que a ideia do mote do ano é alertar sobre a importância da prevenção. O diagnóstico precoce, segundo ela, aumenta bastante as chances de cura. Um estilo de vida saudável, consultas regulares ao mastologista e a realização de mamografias anualmente a partir dos 40 anos são algumas recomendações.

A vida moderna e acelerada, segundo ela, contribui para o desenvolvimento do câncer de mama, já que fatores como obesidade, estresse e sedentarismos influenciam no surgimento da doença. “A Covid-19 nos trouxe um novo olhar para a nossa vida, sobretudo, quanto a importância de cuidar da nossa saúde, então, adotar um estilo de vida saudável com a prática de exercícios físicos e boa alimentação sem dúvidas contribuem para evitar o câncer de mama”, afirmou.

O risco de desenvolver câncer de mama pode ser reduzido em até 28% com alimentação saudável e atividades físicas, segundo estimativas. Evitar alimentos gordurosos e consumo de bebida alcoólica também ajuda. “A prática de exercícios físicos deve ser adotada para a vida toda. Ela diminui o estresse e ajuda no controle do peso, fatores que também influenciam no desenvolvimento de câncer de mama”, garantiu.

Gazetaweb