sábado, março 2, 2024

Canteiros econômicos garantem água para produção de mulheres agricultoras de Santa Bárbara

Você sabe o que são os canteiros econômicos? São estruturas montadas nos quintais das famílias agricultoras, que garantem maior tempo de conservação da água no solo, possibilitando, principalmente, às famílias produtoras do Semiárido baiano, a continuidade no plantio e da colheita de alimentos saudáveis para o consumo e a comercialização do excedente, mesmo em tempos de estiagem.

Essas estruturas foram montadas, por exemplo, nas propriedades de famílias ligadas à Associação Comunitária do Dunda, em Santa Bárbara, no território Portal do Sertão. No local, os investimentos do Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), na consolidação produtiva junto à tecnologia social de 2ª água (água para produção) foram destinados à construção dos canteiros econômicos, com cobertura telada de sombrite e sistema de distribuição de água, além de distribuição de mudas e sementes.

As ações geraram impacto significativo na vida das 36 famílias agricultoras, a maioria liderada por mulheres. A presidente da Associação, Rosa Figueredo, explicou os avanços na comunidade a partir da implantação dos canteiros. “A tubulação instalada por baixo ligando às nossas cisternas calçadão aos canteiros e as mantas colocadas no solo serviram para conservar a água para as hortaliças, o que foi muito bom para a nossa agricultura familiar”, disse Rosa.

A agricultora comenta que a produção já resultou, inclusive, em aumento de renda para as famílias. “Hoje, os quintais são uma fonte de renda para as famílias porque já fornecemos alimentos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) do nosso município, além de vender nas feiras livres”, comemora a presidente.

Jesuíta Sena, que trabalha na produção de coentro, cebolinha, alface, tomate, pimentão, couve e quiabo, celebra a mudança de vida após a instalação dos canteiros. “Hoje, apesar da seca, continuamos plantando e colhendo. Antes, era bem diferente. A gente só plantava de tempos em tempos por conta da dificuldade de carregar água. Agora ficou muito melhor porque podemos plantar sempre e cuidar para ter os produtos em qualquer estação”.

A CAR é uma empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR).

Assessoria de Comunicação da CAR

recentes