As 10 cidades gaúchas afetadas pela chuva dos últimos dias devem ter uma quinta-feira (25) de trabalho retornar à rotina no Norte e no Noroeste do Rio Grande do Sul. Os estragos se concentraram principalmente na área rural. Cinco cidades já decretaram situação de emergência, e outras prefeituras segue contabilizando os prejuízos.

Rios e arroios transbordaram invadindo lavouras, estradas, levando pontes e prejudicando o acesso ao interior. A chuva intensa fez com que as cidades de Três Passos, Coronel Bicaco, Campo Novo, Tenente Portela e Santo Augusto decretassem situação de emergência.

Em uma propriedade de Barracão, no Norte do estado, um raio matou 17 vacas. Em Ronda Alta um arroio transbordou arrastando uma ponte e máquinas agrícolas. Um terneiro foi encontrado morto sobre o teto de uma estrebaria.

Em Três Passos, mais de 2 mil quilômetros de estradas de chão foram danificadas. “Temos um acumulado de chuva em Três Passos no mês de maio superior a 200 milímetros, acima da média histórica que nós temos registrado na região”, afirmou o coordenador da Defesa Civil municipal, Diego Maciel.

Ao lado da rodovia que dá acesso a São José do Inhacorá era possível ver o volume de água ao lado da estrada. Uma ponte que dá acesso a Boa Vista do Buricá ficou submersa.
O rio ficou cinco metros acima da ponte, mas a prefeitura só pode iniciar os trabalhos para atender as 50 famílias afetadas quando a água baixar.

Por RBS TV (Foto: Cássia Eckert/Arquivo Pessoal)