Na manhã desta sexta-feira (16), os trabalhadores da educação do município de Mairi que estão com salários atrasados realizaram um protesto.

Os profissionais da educação saíram da sedo da APLB/Sindicato protestando pelas ruas, depois seguiram para a prefeitura, onde encontraram as portas fechadas.

Por Agmar Rios