CONSEG – Ipirá faz balanço das ações em 2017

135

O Conselho Comunitário de Segurança Pública de Ipirá – CONSEG, realizou no ano de 2017 inúmeras ações consideradas de forma significativas com o objetivo de acompanhar e manter as autoridades e a comunidades cientes da importância do órgão no auxilio da prevenção contra a violência no município.

Dentre as ações, podemos destacar que o conselho se reuniu com os seus membros na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, para debater e buscar soluções para moradores de rua que sofriam com o frio do inverno em Ipirá.

Em outubro, o conselho compareceu a Câmara de vereadores para apresentar o projeto O CONSEG e as escolas juntos contra as drogas e falar sobre outras atividades. Além do presidente Djalma José dos Santos que falou para os vereadores, estiveram presentes no encontro, os demais membros do conselho, Ney, Marluce, Jorge Luiz e Odair.

Outro momento importante do CONSEG foi o encontro dos seus membros com o Major PM Joacy, comandante da 98ª CIPM, onde no encontro foram levantadas demandas importantes. Entre elas, o aumento do efetivo policial e a reabertura do Posto Policial da Praça Roberto Cintra.

O CONSEG também se reuniu com o prefeito Marcelo Brandão. A pauta da reunião foi o monitoramento eletrônico do centro da cidade e a municipalização do transito. No encontro, o prefeito se mostrou muito solícito com o CONSEG e agradeceu o apoio, prometendo agilizar estes dois importantes projetos muito em breve.

Fechando as atividades em 2017, o CONSEG se reuniu na Agência do Banco do Brasil com representantes de todos os bancos existentes em Ipirá para debater as questões de vídeo monitoramento do centro da cidade e o trânsito caótico, principalmente nas imediações das agencias bancarias, dificultando a vida dos usuários do sistema, expondo a todos ao eminente risco da ação de meliantes no chamado golpe da saidinha bancária.

“Todo esse trabalho preventivo que desenvolvemos ao longo do ano passado com vários seguimentos da sociedade ipiraense, foram medidas teóricas. Esperamos que neste ano de 2018, todas estas medidas possam estar sendo colocadas em prática principalmente pelo poder executivo no que se refere ao vídeo monitoramento do centro da cidade, bem como a municipalização, sinalização e fiscalização do transito na cidade”. Disse o presidente Djalma.

Caboronga Noticias com informações do CONSEG