Corpo de procurador-adjunto da Câmara de Feira encontrado morto em casa foi sepultado em Ipirá

38

Uma comitiva da Câmara de Feira de Santana, tendo à frente o presidente Fernando Torres (PSD), esteve no último sábado (15) no sepultamento do procurador-adjunto do Departamento Jurídico do Legislativo, advogado Octávio Soares Nascimento. O enterro aconteceu na terra natal dele, a cidade de Ipirá, onde moravam seus familiares.

Octávio foi encontrado morto dentro de casa na noite de sexta-feira (14). A causa da morte ainda não foi divulgada pelas autoridades policiais.

Servidor do quadro efetivo da Casa da Cidadania, nomeado há pouco mais de dois anos, após aprovado em concurso público, o jovem profissional de Direito, de apenas 28 anos tinha duas especializações e um futuro promissor. Era bastante querido pelos colegas de trabalho.

Estiveram presentes no sepultamento, além do presidente da Câmara, o chefe da Procuradoria Jurídica da Casa, André Novais, o colega de equipe Rui Padilha, o chefe da Divisão Legislativa, Marcos Antônio Pereira e o chefe da Assessoria de Comunicação, Marcos Valentim.

Fernando Torres levou aos familiares do jovem a solidariedade de todos os funcionários do Poder Legislativo. “É um fato profundamente lamentável, a perda de um jovem servidor público no início da sua carreira. Só mesmo Deus, para confortar a todos os parentes e amigos do doutor Octávio”, diz o dirigente.

Desperta Cidade – Foto: Ascom/Câmara