O número de mortes na Espanha volta a subir, pelo segundo dia consecutivo, depois de quatro dias em que foram registradas descidas nos casos. De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, foram registradas, nas últimas 24 horas, 757 mortes, mais 14 mortes do que terça-feira (743).

Esta subida é, no entanto, mais ligeira do que a contabilizada na véspera, registando-se inclusive um ligeiro descréscimo na taxa de variação diária, que passa de 5,7%, na terça-feira, para 5,5%, hoje.

O número de contágios também subiu. São contabilizados hoje mais 6.180 novos casos de infecção, elevando o número total para 146.690. São assim mais 702 casos confirmados em comparação com terça-feira (5.478), um aumento percentual de 4,4% (na véspera foi de 4%).

Vale lembrar que as autoridades espanholas indicaram que o aumento registrado ontem seria normal, porque às segundas-feiras são contabilizadas as notificações de óbitos que aconteceram no fim de semana e que não foram registradas a tempo, sendo apresentados, portanto, às terças-feiras. O aumento registrado esta quarta-feira é menor, mas quebra, efetivamente, a tendência de descida.