Funcionários do Crescente Vermelho (Como a Cruz Vermelha é chamada em países árabes) encontraram 74 corpos de imigrantes em uma praia na cidade de Zawiya, na Líbia, a 150 quilômetros da fronteira com a Tunísia.

As vítimas teriam naufragado em uma tentativa de chegar à Europa, a instituição informou pelo Twitter.

A ilha de Lampedusa é um dos destinos que mais recebe imigrantes no Mediterrâneo. Este ano, inclusive, o documentário indicado ao Oscar ‘Fogo no Mar’, da Itália, relata a situação de medo e incerteza enfrentada por eles.

Este ano a União Europeia anunciou que ajudaria o governo líbio para evitar que botes saiam da costa do país em direção ao continente europeu. Só ano passado, mais de 180 mil cruzaram o mar e, em 2017, mais de 300 já morreram tentando a travessia, incluindo as vítimas de hoje. Em 2016 o número de vítimas ultrapassou 4,5 mil.

Noticias ao Minuto