terça-feira, abril 23, 2024

Criação do Batalhão de Policiamento Escolar amplia atenção às escolas na Bahia

Estudantes, professores, diretores e funcionários de escolas baianas receberão ainda mais atenção da Polícia Militar com a criação do Batalhão de Policiamento Escolar, que integrará o Comando de Apoio Operacional. Na nova estrutura, a Ronda Escolar, que tem como objetivo prevenir e combater a violência nas escolas e entorno, deixa de ser uma operação e ganha status de um batalhão.

Com a mudança, o Batalhão de Policiamento Escolar passa a estruturar uma ação que já vinha sendo desenvolvida para atender e fazer frente às atuais demandas no ambiente escolar de forma ampliada. “Os esforços voltados à comunidade escolar podem agora ser capilarizados, ganhando força em todo o estado, bem como buscar uma atuação conjunta à rede de proteção à criança e ao adolescente, conquistando um alcance maior e envolvimento de outros setores”, destaca o comandante-geral da PM, coronel Paulo Coutinho.

O efetivo que atuará no Batalhão dará continuidade às visitas aos estabelecimentos de ensino das redes pública e privada, nos âmbitos municipal e estadual, realizará atividades e projetos voltados à comunidade escolar, além de seguir com a promoção de palestras, mediação de conflitos e participação em reuniões de pais e mestres.

A nova unidade também atuará em conjunto com outras forças de segurança, a exemplo da Polícia Civil, e com as unidades convencionais da PM, responsáveis pelo patrulhamento nos bairros e que reforçam as ações de policiamento em vias públicas. “Com o novo Batalhão, a ideia é ampliar as ações voltadas à comunidade escolar e alcançar mais municípios com essa atividade especializada e necessária”, acrescentou o coronel Coutinho.

As visitas comunitárias da Ronda Escolar são realizadas diariamente em todo o estado e, só em Salvador, desde o início deste ano, foram quase cinco mil visitas a instituições de ensino.

Fonte: Ascom/Polícia Militar da Bahia

recentes