Criadores de suínos se reúnem para criar uma cooperativa ou associação em Baixa Grande

35

Mais de 30 criadores de suínos (porcos) se reuniram na manhã desta terça-feira (25), para discutir a criação de uma organização com objetivo de fortalecer a suinocultura no município de Baixa Grande.

A mobilização teve início através de grupos de WhastApp, e daí surgiu a ideia de se reuniram. A reunião foi realizada na fazenda de José Américo, contando com a participação do Sindicatos Rural, do Instituto Agro Vida e de 32 criadores de diversas localidades do município.

O empresário José Américo comentou que passou a criar porcos em sua propriedade para destinar o soro extraído na produção de queijo, vendo de outros criadores. Com a inciativa de se organizarem, ele achou mais que necessário auxiliar os demais criadoes nessa initiativa.

Veja reportagem em vídeo

A agricultora Iraci Dias, cria porcos a mais de 20 anos. Ela contou que mesmo com a ração cara ainda compensa manter a suinocultura e que varia na alimentação dos porcos com rações e produtos que ela produz em sua propriedade como mandioca e palma.

O diretor do Instituto Agro Vida, Israel Oliveira, avaliou como um momento histórico para Baixa Grande, uma inciativa vinda dos próprios criadores, em uma atividade tão importante.

Para Júlio Cotia, presidente do Sindicato Rural, o fortalecimento da classe veio no momento certo. Ele acredita que após este encontro terão várias ações que darão bons frutos. Contou que o Sindicato estará ao lado dos criadores, buscando capacitação entre outros recursos.

Na reunião foi formada uma comissão provisória, cabendo estudar as viabilidades, e os meios mais benéficos para os criadores, e assim em uma  próxima reunião irão decidir a criação de uma Associação ou Cooperativa.

O advogado Bruno Pamponet, participou da reunião, se prontificou auxiliar na parte jurídica. Para ele a ideia de se organizarem é bem proveitosa, e tratará enriquecimento a suinocultura do município.

Por Bacia do Jacuípe