Dados de 160 mil usuários do Pix vazaram, segundo o BC

45

O Banco Central do Brasil comunicou que houve um “incidente de segurança com dados pessoais vinculados a chaves Pix”. Segundo o BC, os dados estavam sob guarda e a responsabilidade da Acesso Soluções de Pagamento S.A. (Acesso).

Ao todo foram vazados dados cadastrais vinculados a 160.147 chaves Pix, entre eles: nome do usuário, CPF, instituição de relacionamento, número da agência e da conta.

Segundo o BC, o vazamento foi causado por falhas pontuais em sistemas da instituição financeira em questão, mas não foram expostos dados sensíveis como senhas, informações de movimentações ou saldos financeiros em contas ou quaisquer outras informações sob sigilo bancário.

As informações obtidas são de natureza cadastral, que não permitem movimentação de recursos, nem acesso às contas ou a outras informações financeiras.

As pessoas que tiveram os dados cadastrais obtidos a partir do vazamento serão notificadas através do aplicativo do banco ou pela internet banking da instituição.

O Banco Central ressalta que nem as instituições participantes e nem o próprio BC usarão quaisquer outros meios de comunicação aos usuários afetados, tais como aplicativos de mensagem, chamadas telefônicas, SMS ou e-mail.

“Mesmo não sendo exigido pela legislação vigente, por conta do baixo impacto potencial para os usuários, o BC decidiu comunicar o evento à sociedade, à vista do compromisso com a transparência que rege sua atuação”, diz trecho do comunicado.

Fonte: Agência Brasil