segunda-feira, julho 22, 2024

Defesa de Binho Galinha alega que PF quer criar “desgaste político” contra deputado

Com a divulgação da Operação Hybris III, novo desdobramento da Operação El Patrón que tem como um dos alvos o deputado estadual Binho Galinha (PRD), a defesa do parlamentar entoou duras críticas à postura da Polícia Federal (PF) – que lidera toda a investigação.
O deputado já havia se posicionado neste sábado (29), momentos antes do mandado de busca e apreensão ser cumprido em sua residência, afirmando que está colaborando com a PF e pregando “serenidade” mediante as investigações.
No entanto, por meio de uma nova nota enviada ao BNews, os advogados Augusto César Mendes Araújo e Robson Oliveira da Silva – que representam a defesa de Binho – informaram respeitar a decisão judicial, porém alegaram que a divulgação da Polícia Federal de uma nova operação contra o Binho seria uma forma de desgastá-lo politicamente.
“Cabe ainda esclarecer que, mais uma vez, nada de ilícito foi encontrado, reforçando o caráter transparente e cooperativo do nosso cliente. Entendemos que o objetivo dessa publicização do cumprimento desse mandado de busca apreensão é criar um desgaste político ao Deputado Binho Galinha. No entanto, temos a convicção de que, ao fim do processo, ficará comprovada a inocência dele e de sua família em relação aos fatos investigados”, afirmou a nota.
O posicionamento ainda aponta para um suposto “desleixo” da Polícia Federal que, de acordo com a defesa do parlamentar, já teria tido acesso, na última fase da operação, aos materiais que foram apreender neste sábado, e que estes não foram apreendidos por “mera liberalidade da autoridade policial”.
“Cabe ainda esclarecer que a presente fase da operação se limitou ao cumprimento de um mandado de busca e apreensão para apreender materiais que já eram de conhecimento da Polícia Federal, os quais não foram apreendidos na fase anterior por mera liberalidade da autoridade policial”, afirmou a defesa.
O BNews procurou a Polícia Federal para saber o posiconamento da autoridade acerca das alegações dos advogados do deputado Binho Galinha, mas não recebeu retorno atpe o fechamento desta reportagem.
Confira abaixo a nota na íntegra:
Os advogados DR. AUGUSTO CÉSAR MENDES ARAÚJO e DR. ROBSON OLIVEIRA DA SILVA, que representam a defesa do Deputado Binho Galinha, na Operação El Patrón, e no seu desdobramento Operação Hybris III, vem, por meio desta, informar e esclarecer que, nosso cliente, está colaborando de forma plena e irrestrita com todas as etapas do processo. Desde o início, ele se colocou à disposição das autoridades, fornecendo todas as informações necessárias e cumprindo rigorosamente todas as determinações legais.
Respeitamos a decisão judicial de cumprimento do mandado de busca e apreensão e recebemos com serenidade a deflagração desta fase da operação. Cabe ainda esclarecer que, mais uma vez, nada de ilícito foi encontrado, reforçando o caráter transparente e cooperativo do nosso cliente.
BNews – Foto:Reprodução / Redes Socias

recentes