No primeiro dia da Micareta de Baixa Grande, um ambulante caiu no golpe da cédula falsa. A falsificação grosseira foi em uma cédulas de R$ 5,00, onde um lado foi impresso e outro ficou em branco. Na correria do atendimento o ambulante só foi observar o golpe depois.

Falsificar, fabricar ou alterar moeda metálica ou papel moeda de curso legal no país ou no estrangeiro é crime previsto no artigo 289 do Código Penal. A pena varia de três a 12 anos de prisão e multa. Estará sujeito à mesma pena quem importar ou exportar, adquirir, vender, trocar, ceder, emprestar, guardar ou introduzir na circulação moeda falsa. Mesmo tendo recebido de boa fé, comete crime, com pena prevista de seis meses a dois anos e multa, quem a recebe e a mantém em circulação, repassando a outros.

Fonte: Bacia do Jacuípe