sexta-feira, abril 12, 2024

Documentário sobre a vida e missão de Nane “Lê a Bíblia”

No Velho Testamento, em uma época com escassez profética, Deus falou por meio de uma Jumenta. Quando Cristo, filho de Deus veio a terra, afirmou, se calarmos, as pedras clamarão, falar por meio de animais ou até por pedras, quem explica Deus? Existem Teologia pra explicar Deus? há quem explica a maneira de Deus se revelar aos seus e até aos gentios? O que outros líderes religiosos de Baixa Grande tem a dizer sobre a espiritualidade Nani.

Biografia de Nane

Nascido em 1940, na Fazenda Paulista, região do Tabuleiro, Povoado de Baixa Grande – BA, de uma família de 20 filhos sendo de um pai e duas esposas, Ananias Lima Brito conhecido por Nani, criou o desejo de seguir o Pai, ter várias esposas. Em sua adolescência, dedicou na formação de um time de futebol, seu grande desejo era ter um caminhão.

De mãe bem católica, Nane criou uma padaria e colocou o nome Senhor do Bomfim, além da padaria Nane adquiriu duas fazenda, uma em Baixa Grande na região do Tabuleiro e outra em Ipirá.

Antes do seu casamento, tonou pai de uma menina, sendo sua primeira filha, hoje a mesma reside em Tabuleiro. Nane desejou casar e ficou noivo de uma moça em Baixa Grande, com alguma divergência, procurou uma mulher que atuava com Tarô (Cartas e Búzios) de adivinhação, a mesma após consultar os Búzios, pediu que ele terminasse o noivado, que a esposa prometida não seria de Baixa Grande, e sim viriam de outro município.

Preso

Em Cotegipe – BA, após bater a Bíblia na cabeça de um soldado da Polícia Militar, foi preso, na cadeia. Em Nazaré das Farinhas, sem dinheiro, pegou um ônibus, ao descer, disse ao cobrador que só tinha a Palavra de Deus e bateu a Bíblia na cabeça do mesmo, sendo preso sem seguida.

Livramento dos cães

Em Pujuca – BA, entrou e uma fazendo que tinha três cachorros bravos, ao se aproximar, pediu a Deus que amarrasse, assim foi feito, permitindo que pregasse o evangelho a todos naquela propriedade.

Em Santa Maria da Vitoria, embarcou em um navio com destino a Macapá, no meio do mar os motores da embarcação parrou, após oração, tudo foi normalizado, mostrando todos ali o poder de Deus.

Em Itamarati – BA, ao entrar na cidade os moradores por medo se esconderam e a polícia conduziu a um matagal, após louvar a Deus com o hino da Harpa “Oh! Quão Cego Andei”, tendo naquele momento o livramento de Deus.

Confundido por Vampiro

Em Camamu – BA, foi confundido com vampiro, sendo conduzido ao fórum da cidade, ao chegar, relatou sua missão e ajuíza liberou “a Doutora perguntou, é o senhor que é o vampiro? Respondi, quais sinais tem o vampiro? Mostre uma dentadura nova e ela me liberou”.

Veja reportagem completa aqui.

Por: Ediomário Catureba

recentes