sábado, março 2, 2024

Duas pessoas morrem após motorista passar mal e colidir caminhão na BR- 324

Duas pessoas morreram por volta das 14h40 desta segunda-feira (15), no KM 537, BR-324, em frente ao Posto São Luiz, entrada de Oliveira dos Campinhos.

Caminhão colidiu com árvore
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Segundo informações apuradas pelo Acorda Cidade com a PRF Renata Cristina, da Delegacia de Simões Filho, o motorista de um caminhão passou mal, invadiu o canteiro, bateu em uma barraca de frutas, invadiu uma cerca onde há uma fábrica de postes e colidiu também em uma mangueira. Ele não resistiu.

Caminhão colidiu com placa
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Um funcionário da barraca de frutas, identificado como Willian Pereira dos Santos, de 35 anos, em que o caminhão bateu também foi atingido e morreu no local.

Andrew Souza Bispo que trabalha no local, tirando cocos para vender na barraca, contou ao Acorda Cidade que hoje chegou atrasado e se deparou com o acidente. De acordo com ele, o funcionário que morreu trabalhava há muitos anos na barraca, enchia as garrafas de água de coco e morava próximo, na localidade chamada Vila Bessa.

Cortador de coco
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“O caminhão passou pelo radar, passou direto, pegou o muro, bateu no pé de manga e pegou fogo. Soube que o caminhão já vinha pegando fogo e ele perdeu o controle”, disse.

Caminhão colidiu com árvore
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

O caminhão estava carregado de garrafas de suco de uva. Equipes da Via Bahia, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Corpo de Bombeiros estão no local.

Carga de suco de uva
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Vendedor de água mineral, caldo de cana e pamonha, Sérgio Luiz, de 54 anos, contou à reportagem do Acorda Cidade que teve um grande livramento deste acidente, pois segundo ele, no momento em que a carreta passou desgovernada, já estava vendendo água dentro de um ônibus.

Vendedor de Água Mineral
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Eu nem sei muito o que dizer sobre este acidente, mas eu estava vendendo água mineral e quando vi, já foi a carreta desgovernada passando por cima de tudo, carregando o meu carro e se tivesse passageiros no ponto, todos teriam morrido. Eu deixei minha barraca de caldo de cana para subir no ônibus, a carreta passou entre o ônibus e o ponto, eu acho que se tivesse ainda na porta do ônibus, eu seria atropelado”, informou.

Barraca destruída
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Ainda de acordo com o vendedor, cerca de três passageiros estavam no ponto esperando o ônibus, mas os mesmos, já tinham entrado.

Carro destruído
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“A sorte é que os passageiros não estava mais no ponto de ônibus, já tinham entrado. Mas o meu carro ali por exemplo, foi arrastado por cerca de 10 metros, veio parar próximo da bomba de combustível do posto. O carro ficou totalmente destruído, mas a Polícia Rodoviária Federal já fez a ocorrência, mas tudo indica que algo aconteceu com o motorista. Depois que o caminhão bateu na árvore, começou a pegar fogo”, relatou.

Carro destruído
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Ao Acorda Cidade, Sérgio Luiz informou que mora na cidade de Conceição do Jacuípe e trabalha todos os dias vendendo produtos no local.

Carro destruído
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Em nota, a Via Bahia, concessionária que administra a rodovia, informou que o trânsito segue sem congestionamento, e que equipes da Via Bahia, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estão no local.

“A VIABAHIA informa que o trânsito segue sem congestionamento após um acidente no KM 537 da BR-324 na tarde desta segunda-feira (15). Equipes da VIABAHIA, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão no local. O acidente deixou duas vítimas fatais, o veículo de carga, que saiu de pista, está em chamas no local.”

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

recentes