Dois ônibus transportando 38 sobreviventes do tombamento de um ônibus de turismo brasileiro na Argentina chegaram na cidade de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, ainda na noite de terça-feira (27). Duas pessoas morreram e 24 ficaram feridas no acidente ocorrido na província de Entre Ríos.

Os dois motoristas ficaram na Argentina, onde prestarão depoimento à polícia nesta quarta-feira (28), e dois passageiros feridos permanecem hospitalizados, mas em situação estável. Quatro turistas seguiram viagem para Buenos Aires.

O ônibus partiu da cidade de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, Região Metropolitana de Porto Alegre, na noite de segunda-feira (26), com 50 passageiros.

O acidente aconteceu na manhã de terça na Rota 14, próximo ao trevo de acesso à cidade de San Jose. O tombamento do veículo provocou a morte de Carla Fernandes Monaco, de 34 anos, e Mariton Fernando Silveira Correa, de 48 anos, ambos brasileiros.

O veículo transportava passageiros que pretendiam passar as festas de final de ano em Buenos Aires, na Argentina. A polícia local investiga as causas do acidente.

“Estamos tentando esclarecer. Ele estava ultrapassando um veículo, um caminhão, perdeu o controle, o condutor do veículo, e saiu do acostamento”, disse o chefe de Segurança e Prevenção Viária Mario Rivera.

O empresário Alcinei Brocca, um dos passageiros do ônibus, relata os momentos que antecederam o acidente. “Ele passou por baixo de uma ponte. Acredito que uns dois metros da coluna da ponte, e aí foi para o canteiro central. Era uma pista dupla, onde essa pista era côncava, e ele tentou puxar o ônibus de volta. E no momento que ele tentou, ai ele tombou”, afirmou.

Da RBS TV – Foto: Arquivo Pessoal