O Programa do outro candidato, constava assim: “Educação – fator essencial do crescimento”

“A nova administração de Ipirá vai criar um serviço móvel de reparos exclusivo para a educação. Dotado de profissionais das áreas de construção hidráulica, elétrica e marcenaria, o serviço visitará constantemente as escolas executando de pronto os serviços necessários, sem qualquer burocracia para que não haja queda na qualidade do serviço de educação prestado, ou qualquer atraso no ano letivo.

A administração vai prestigiar o mérito dos estudantes. Será lançado o projeto “VALEU”. Com ele, ao final do ano letivo, serão destacados os melhores alunos de cada colégio para uma viagem cultural e de lazer para um ponto da Bahia e do Brasil.

Será também ampliado e melhor estruturado o curso de alfabetização de adultos. É nosso interesse estimular esse serviço para que a incidência de analfabetismo em Ipirá seja cada vez menor.

O centro do Praça São José, pela característica tranqüila do lugar, abrigará a nova Biblioteca Eugênio Gomes, onde com certeza a leitura se tornará agradável. Cuidaremos de nos conveniar com as mais variadas instituições ligadas à educação e cultura, no sentido de ampliar o acervo em qualidade e quantidade, inclusive no âmbito da informática. Para melhor atender os que anseiam um futuro mais digno. Esse local vai abrigar também, o Museu da Imagem e do Som, com foco na educação.”

Minha opinião: Observaram quanta coisa aí em cima, pura burocracia e bologodório. Observe esse trecho da ‘Educação para Toda a Vida’ projeto executado na cidade de Macaíba, Rio Grande do Norte: “Para implementar o projeto de transformação social por meio da prática científica, essa utopia nordestina propôs construir um “Campus do Cérebro” na zona rural da pequena cidade de Macaíba, na região metropolitana de Natal. Nesse Campus do Cérebro seria a filosofia de usar a neurociência como foco de um programa educacional, começando no pré-natal das mães dos seus futuros alunos e continuando, com uma escola de tempo integral, a seguir seus pupilos, desde o nascimento até o final do ensino médio.” Miguel Nicolelis – Made in Macaíba.

Opinião popular, dos alunos: “ O que minha cidade precisa é de um bom prefeito, que bote ordem de melhorias na cidade, que ponha ela no alto, arrumando toda a bagunça que os outros prefeitos fizeram, e terminar os outros não terminaram, deixando a população orgulhosa.” Alex Santos de Oliveira 2º. MBM

“Para Ipirá sair do buraco temos que tirar os ratos que querem comer mais uma fatia da prefeitura, que se chama dinheiro público.” Pedro Henrique 2º. B / MBM

“Ter Projetos Estruturantes e ações que possam ajudar os mais necessitados com mais investimentos na saúde e educação.” Daniel Carvalho Oliveira 2º. A

“Eu acho que a cidade poderia se desenvolver melhor,com mais escolas, com mais hospitais de boa qualidade, mais lugares de lazer, com mais trabalho para as pessoas e, principalmente, acabar com as paixões políticas, porque isso faz com que eles pensem mais nos grupos do que na população.” Brenna Almeida 2º. A

“Construir mais condomínios, mais oportunidades de emprego e escolas.” Nalmy Santos 2º. A

“Parar de ter muita disputa entre os partidos políticos; investir mais na educação e na saúde, ter mais emprego.” Perla Araújo Santos 2º. A

“Gostaria que tivesse mais segurança, educação, emprego e lazer.” Kássia Souza Silva 2º. A

“Ter uma saúde e educação melhor e ter mais investimento na infra-estrutura da cidade.” Júlio Victor S. Marques 2º. A

“Para o desenvolvimento da minha cidade precisa além de melhorias na educação e área de saúde, além da mudança na política em relação a jacu e macaco.” Brenda Millena Batista da Silva 2º. A

Postado por Agildo Barreto