Micareta de Ipirá 2017 chega ao fim e gera comentários positivos por parte do folião

Encerrada na madrugada desse domingo, com um verdadeiro arrastão que faz jus às características do Psirico, a micareta de Ipirá ”Tô de volta”, agradou o povão, durante os três dias de festa.

Na quinta-feira, data de seus 162 anos de emancipação política, a cidade contou com o show marcante de Bell Marques. “Que 162 anos bem comemorados esse de Ipirá! Que festa inesquecível, uma lembrança que vou guardar por muito tempo, porque é muito bom ver uma cidade como está nesse momento, Ipirá. Uma cidade festiva, alegre, comemoração classe A, em paz, todo mundo sorrindo. O artista só quer uma coisa parecida com essa”, declarou Bell durante o show.

Na sexta teve o resgate do bloco “Como vai?”, durante a tarde, que ao som de marchinha puxou um público mesclado em idades e muito unido em irreverência. Ainda na sexta, à noite, a grande atração da vez foi a banda Jammil, que continuou a celebrar a folia ipiraense.

Já no sábado, último dia, a festa também começou cedo com o desfile de mais blocos pelo circuito Henrique Teles Maciel, a exemplo do ”Pancadão”, animado pelo artista da terra, J Leno. À noite, um público impressionante acompanhou a passagem dos Filhos de Jorge e o swing inconfundível de Psirico. Mas a festa terminaria mesmo ao som da prata da casa, Bahia Show.

Ocorrências

Ainda não foi divulgado um balanço geral, com apresentação de números mais detalhados sobre a festa.

Entretanto, ocorrências já conhecidas em eventos dessa natureza, foram muito comentadas, a exemplo de furto de celulares, que foram registradas em grande número, principalmente no primeiro dia. Por outro lado, com o aparato satisfatório de segurança presente, foi possível controlar os índices de violência.

O incidente envolvendo o camarote da Prefeitura foi outro senão da festa, no segundo dia. Duas placas do camarote se desprenderam e acabou deixando feridos, mas sem maiores gravidades, segundo nota divulgada pela Prefeitura.

Nova tendência?

A julgar pelas boas impressões deixadas, em linhas gerais, inclusive pela ocupação e aproveitamento dos espaços no novo circuito, e pelo desejo declarado da gestão em revigorar o calendário de festas ipiraenses, talvez essa tenha sido apenas o grande ponto de partida.

Por Diogo Souza (23/04/17)

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •