quinta-feira, maio 30, 2024

EUA: Prefeito é acusado de 56 crimes de pornografia infantil

O prefeito de uma vila no estado norte-americano do Maryland foi preso, após ser acusado por 56 crimes de pornografia infantil, esta quinta-feira (2), tendo apresentado a sua demissão do cargo.

Entre os crimes contra Patrick Wojahn, de 47 anos, contam-se 40 crimes de posse de material explícito infantil e 16 crimes de distribuição de material explícito infantl, segundo o comunicado do departamento policial do condado de Prince George, citado pela NBC News.

Wojahn é prefeito da vila de College Park desde 2015 e, num comunicado divulgado pelas autoridades, apresentou a sua demissão durante a noite. Na sua carta, o presidente de câmara disse que serviu a cidade com “profunda honra e privilégio”.

“Embora esta investigação não envolva quaisquer assuntos oficiais da cidade, é do interesse da nossa comunidade que eu me afasta e não sirva como uma distração”, disse ainda Wojahn, agradecendo e pedindo orações para si e para a sua família.

Num comunicado, a prefeitura mostrou-se ainda “chocada” com a prisão.

Segundo a NBC News, a investigação aos crimes começou no último dia 17 de fevereiro, quando a autoridade para crianças desaparecidas alertou a polícia para uma conta numa rede social na região, que estaria a distribuir pornografia infantil.

“As imagens e os vídeos foram publicados nas redes sociais em janeiro de 2023. Depois de várias técnicas de investigação, os detetives descobriram que a conta pertencia a Wojahn”, contou ainda a polícia.

Na terça-feira, numa busca na casa do prefeito, as autoridades encontraram vários dispositivos eletrônicos, que foram apreendidos.

Já tomou posse uma nova prefeita temporária, Denise Mitchell, que ocupará o cargo até que sejam realizadas eleições no prazo de 65 dias na localidade de College Park, onde habitam cerca de 35 mil pessoas.

Notícias ao Minuto

recentes