Um das maiores lendas do futebol baiano, o ex-jogador e técnico campeão brasileiro pelo Bahia, Evaristo de Macêdo fez um discurso emocionante neste sábado (11), durante inauguração da Cidade Tricolor, em Dias d’Ávila, que foi batizado em seu nome.

Ao lado de alguns dos atletas que conquistaram possivelmente o maior título de toda a história do Esquadrão, como João Marcelo e Zé Carlos, Evaristo pregou humildade em sua fala: “Se sou alguma coisa, devo a eles”.

Em tempos onde treinadores ganham salários milionários, o ex-jogador que foi ídolo nos rivais Real Madrid e Barcelona -um dos primeiros brasileiros a fazer sucesso jogando no exterior – lembrou que são os atletas os principais responsáveis pelas conquistas.

“Preleção e treinamento ajudam a ganhar. Mas quem ganham são eles. Como eu ganhei quando fui jogador. Não fosse eles, nós não estaríamos aqui hoje”, disse Evaristo, que reforçou que a presença dos campeões brasileiros é uma “inspiração” para o atual elenco.

Evaristo ainda brincou, ao dizer que passou por Fazendinha e Fazendão (antigos centros de treinamento do clube), e que agora, aos 86 anos, “comprou” o novo CT, que leva o seu nome.

Por: Léo Sousa e Luiz Felipe Fernandez com foto de Roberto Viana/ BNews